31 de outubro de 2016

Halloween Mood

LUSH Pumpkin
ZARA lenço de veludo comprido 
STRADIVARIUS Camisa Plumeti com gola 
ZARA HOME Silver Skull Candle
URBAN DECAY Vice Lipsitck in "Venom" 
TIGER Kit de Escultura

O mood de hoje não poderia ser diferente. É hoje a noite de Halloween e quase impossível passar indiferente até ao próprio dia, mais ou menos efusivo dependendo de cada um. Confesso que me lembro de esculpir caras assustadoras em abóboras da casa da avó e como me divertia com isso. Este ano não deixarei que passe em branco nem que seja com um simples apontamento na roupa ou até veja algum filme ou maratona de alguma série (se me conseguir manter acordada). E vocês? Quais os planos para hoje?

29 de outubro de 2016

Halloween DIY

halloween-diyApesar de o Halloween não ser uma tradição portuguesa a verdade é que já é praticamente impossível passar indiferente. Ano após ano, as lojas tomam este tema como inspiração e na internet não faltam tutoriais e inspiração. Eu sou suspeita, pois gosto deste tipo de datas e claro que o meu Pinterest tinha de ter um álbum apenas dedicado ao tema, que tem vindo a ser atualizado aqui. De tantas inspirações, mais uma vez decidi colocar mãos à obra e fazer dois DIY (do it yourself ou faça você mesmo), que acho super simples e podem ser feitos com material que facilmente terão em casa.




  1. 1. Morcego na palhinha com cartolina


  2. Este é nada mais que uma nova versão de um anterior que já mostrei aqui. Com um pequeno quadrado de cartolina, dobrado ao meio desenho metade de um pequeno morcego e faço dois golpes no meio como na imagem que será onde passa a palhinha e aí está. A cartolina é de uma capa de um caderno básico em preto antigo e usado que tinha cá por casa. Fácil, não é?






2. Castiçal em garrafa

Este é fácil de executar, no entanto exige algum cuidado pois terá de se trabalhar com fogo. A partir de uma garrafa vazia em vidro (eu usei uma de água) e com a ajuda de uma vela acesa, fui deixando a parafina/cera derreter pela mesma para dar o efeito de algo já usado.



Comecei por com uma vela deixar que a cera derretida caísse desde o gargalo da garrafa e repeti este processo várias vezes até achar que estava ok. Tenham cuidado com este passo para não se queimarem. Para evitar que a cera caísse na superfície em que estava a trabalhar coloquei um papel por baixo como proteção.



Espero que tenham gostado destes dois DIY fáceis e que acho que podem dar um toque diferente ao vosso Halloween sem gastar muito (quer tempo, quer dinheiro). Partilhem também as vossas ideias :)

25 de outubro de 2016

Striped & Pinned



O outono já se faz sentir e ver nas ruas. Ainda assim o tempo está muito instável, ora com temperaturas amenas e depois logo a seguir mais frio. Este foi mais um desses dias, em pleno outono andar apenas com uma camisa e sem frio é para mim algo estranho. E logo a seguir isto viria a mudar, com a chuva a cair a potes e o frio a voltar. E estes tem sido um desses dias, com verão em pleno outono. E antes do frio vir de vez sabe tão bem não acham ?




Pins: Stradivarius. Blusa: SheIn c/o. Jeans: lefties. Ténis: Adidas Stan Smith









Mood Noir



Os dias estão mais frios (no geral...), a noite cai mais cedo e o amanhecer demora a aparecer... No armário os tecidos mais frescos dão lugar às malhas mais quentes e peças mais aconchegantes e o casaco já se torna indispensável. Sim é o outono e o regresso ao frio e isso reflete-se muito nas paletas de cores escolhidas. Uma das cores que mais tenho usado é sem dúvida o preto e esta nunca passa de moda, é a cor que vai bem seja em coordenados monocromáticos ou conjugada com outras cores e padrões mais fortes. É o preto, que é discreto ou que é sexy. É sem dúvida das minhas cores favoritas e agora que o frio chegou mais que nunca. Qual o vosso mood do momento?




Brincos VANGLÓRIA | Conjunto lingerie WOMEN'SECRET |rectangular coin purse BIMBA Y LOLA | Camisa de Guipura MANGO | Eau de Parfum Intense La Petite Robe Noir  GUERLAIN | Sapatos c/ salto metálico UTERQÜE | Verniz da coleção Lorena's Favorites in #SnapStory ANNY

23 de outubro de 2016

make B. Urban Ballet


A mais recente novidade de maquilhagem d'O Boticário a chegar a Portugal, é a make B. Urban Ballet. Trata-se de uma linha como o próprio nome indica, inspirada no ballet com os tons rosa e algum brilho em destaque mas também com um toque irreverente.

Numa altura que a marca comemora os 30 anos no país, fui conhecer esta novidade mais de perto à loja. Comigo vieram o perfume da coleção, que como tem vindo a ser hábito a marca lança em cada edição limitada e um batom que falo a seguir.


make B. Urban Ballet Eau de Toillette


A marca define como uma fragrância da família Floral Amadeirado. A minha impressão imediata é um aroma doce, no entanto não enjoativo e cortado pelas notas florais. O toque amadeirado começa a aparecer passado algum tempo mas não com aquele aroma nitidamente de madeira e muito intenso. É sem dúvida um perfume quente, mas na minha opinião não tanto para os amantes dos verdadeiros tons quentes e amadeirados. É para quem gosta de um toque doce sem ser exagero, floral e ao mesmo tempo um toque quente, que vai de encontro àquilo que a marca diz: "resulta num floral amadeirado repleto de contrastes".




make B. Urban Ballet Batom Cremoso in Lace Salmon


Os batons desta linha são para mim um dos mais bonitos de sempre d'O Boticário.Da embalagem toda em preto salpicada por um cristal rosa Swarovski surge o batom em forma de sapato de ballet. Uma ideia super original e que torna-o num item único. Quanto ao produto em si: é um batom cremoso que desliza muito bem nos lábios não secando. Esta cor, Lace Salmon tal como indica é um salmão (um tom um pouco alaranjado mas mais suave) e ideal para usar diariamente ou para quem não gosta de cores muito fortes, já que e uma cor mais discreta e quase "cor de boca".

[caption id="" align="alignnone" width="1400"] swatch do make B. Urban Ballet Batom Cremoso na cor Lace Salmon[/caption]

[caption id="" align="alignnone" width="1400"]make B. Urban Ballet Batom Cremoso na cor Lace Salmon aplicado make B. Urban Ballet Batom Cremoso na cor Lace Salmon aplicado[/caption]

18 de outubro de 2016

Unexpected


Naquele que foi o meu segundo dia de Portugal Fashion, o tempo pregou uma surpresa. Na verdade toda a semana esteve instável e à última da hora tive de trocar o que tinha planeado levar com o vestido por um calçado mais apropriado para o dia que ameaçava ser de chuva. Na verdade, o tempo melhorou ao ponto de se ver o céu azul e ora ficava cinzento logo de seguida. Acho que esta é também a primeira vez que faço um outfit com óculos, a verdade é que estes também já fazem parte do meu dia a dia. Apesar de tudo, acho que ficou um coordenado mais descontraído e um pouco mais rock. Não poderia desperdiçar a oportunidade de estar neste edifício fantástico que é o Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões e assim aproveitar para tirar umas fotos e partilhar aqui. Espero que gostem.
[one_half padding="0 5px 0 0"][/one_half][one_half_last padding="0 0 0 5px"][/one_half_last]

[one_half padding="0 5px 0 0"][/one_half][one_half_last padding="0 0 0 5px"][/one_half_last]

16 de outubro de 2016

Portugal Fashion Spring/Summer 2017

Quem me acompanha nas redes sociais deverá ter reparado que esta semana assisti a mais uma edição de Portugal Fashion. Assisti a alguns desfiles e hoje faço um género de resumo do que foi esta edição.

[caption width="1400" align="alignnone"]Diogo Miranda Diogo Miranda[/caption]


Diogo Miranda é um dos criadores pelos quais vou ao Portugal Fashion. Um dos motivos são os elementos em que se inspira e como os interpreta para as novas coleções. Desta vez, o criador inspirou-se no Cubismo, movimento artístico avant-garde do século XX. As formas geométricas, fragmentadas, inspiradas na arte africana e nativa americana estão patentas nesta coleção, como nos materiais com sedas e brocados, contrastam com outros mais industrializados com transparências e jogos de luz.
A isto adiciona-se as cores mais claras, caracterísitca também do Cubismo e também as peças estruturadas.


[one_half]
diogo-miranda-ss17[/one_half][one_half_last][/one_half_last]

CONTACTOS
Praça da República Nº60-62 | 4610-116 Felgueiras – Portugal
http://www.diogomiranda.net/

[one_half][/one_half][one_half_last][/one_half_last]
Luís Onofre praticamente dispensa apresentações. O espaço da Alfândega parece sempre pequeno para a quantidade de pessoas que querem ver mais de perto as suas criações. O criador de São João da Madeira às propostas femininas juntou também as suas propostas masculinas para a próxima estação. A sua coleção Hellenic Garden, tal como o nome indica foi inspirado nos jardins gregos e a sua interpretação não poderia ser mais fiel. Além dos sapatos elegantes de salto alto com cores primaveris que vão desde o rosa até ao verde, é de salientar as cunhas com padrões florais.

[one_half]luis-onofre-ss17[/one_half][one_half_last][/one_half_last]

CONTACTOS

www.luisonofre.com

[one_half]milena-cardoso-miguel-vieira[/one_half][one_half_last]ruben-rua-miguel-vieira-ss17[/one_half_last]

Miguel Vieira encerrou este dia de desfiles. Este era um desfile especial para Rúben Rua, sendo que esta é a sua despedida enquanto modelo das semanas da moda internacionais. Quanto à coleção, Miguel Vieira inspirou-se no filme "África Minha" (Out of Africa), não sendo a primeira vez que um criador nacional se inspira neste tema (aqui), sendo possível mostrar como a partir da mesma fonte de inspiração criar coisas tão diferentes e que definem a identidade de cada um. Aqui o designer conjugou tons neutros em padrões gráficos e tribais a relembrar a riqueza do continente Africano conjugado com o toque feminino e elegante como que a relembrar a personagem do filme Karen Blixon: uma mulher de porte colonial e sofisticado.

CONTACTOS
MIGUEL VIEIRA, I. C. MODA, LDA.
Rua Alexandre Herculano, n.º 308
3701-911 S. João da Madeira – Portugal
www.miguelvieira.pt


[caption width="1333" align="alignnone"]Jumpsuit: Primark. Casaco: Lefties. Mala: Zara. Shoes: Adidas Stan Smith Jumpsuit: Primark. Casaco: Lefties. Mala: Zara. Shoes: Adidas Stan Smith[/caption]

O coordenado escolhido para aquele que foi o meu primeiro dia foi a pensar mais no conforto, pois foi um dia non-stop para mim. Por isso optei por um macacão com um casaco finalizando com uns ténis Adidas.

[one_half]terminal-cruzeiros-leixoes[/one_half][one_half_last][/one_half_last]

O dia seguinte começou no Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões. A arquitectura deste edifício é de cortar a respração e em grande parte devido aos detalhes dos azulejos hexagonais dispostos em diferentes ângulos, que revestem tanto o exterior como o interior. A sua forma espiralada continua no seu interior, onde a subida é feita em espiral sendo possível no final sermos brindados com uma magnífica vista sobre Matosinhos e sobre o mar.

[one_half][/one_half]
[one_half_last padding="0 0 0 5px"]
Neste espaço magnífico assisti ao desfile de Luís Buchinho, onde o céu cinzento deu lugar por alguns momentos a um céu azul que serviu de fundo ao desfile.

Aqui o designer mostrou a sua coleção inspirada em sportswear que já tivera mostrado em Paris.
Na sua coleção surgem tons tons metálicos com grafismos geométricos e sobreposições conjugados com tons neutros e cores primárias como o vermelho, o roxo e o amarelo.

E assim terminou o "meu" Portugal Fashion desta season. Até Março ! [/one_half_last]
E para o último dia tinha escolhido um vestido vermelho simples, no entanto a chuva veio trocar as voltas e tive de optar por outro calçado e algumas mudanças à última da hora. Mas isso fica para um próximo post.... ;)
[caption width="1400" align="alignnone"]Vestido: Primark. Relógio: Daniel Wellington c/o. Mala: Liu Jo. Casaco: Pimkie. Vestido: Primark. Relógio: Daniel Wellington c/o. Mala: Liu Jo. Casaco: Pimkie.[/caption]

12 de outubro de 2016

Casa da Música

 

A Casa da Música é talvez um dos edifícios contemporâneos mais emblemáticos da cidade do Porto. Quem por lá passa, dificilmente fica indiferente às linhas retas que se sobrepõe numa obra única presente numa das zonas mais conhecidas da cidade. É engraçado como por vezes, locais que tão bem conhecemos passam quase despercebidos. O hábito e rotina fazem com que passem despercebidos aos olhos de sempre e dou por mim a tentar explorar a cidade como se de uma turista se tratasse. Afinal o Porto que está a ser cada vez mais conhecido lá fora, é o mesmo que sempre foi: a minha cidade, aquela que tem sempre algo mais para descobrir.

E à semelhança do que acontece um pouco por todo o país as temperaturas tem descido e já apetece algumas malhas e casacos. Nada melhor que algo simples para passear pela cidade, em tons cinzentos e com os meus jeans favoritos.

Malha: Primark. Casaco: Primark. Jeans: Zara. Sabrinas lace up: Primark. Mala: Primark. Óculos de sol: Ray Ban. Relógio: Daniel Wellington (c/o). Fotos por Joana Cardoso.



[one_half padding="0 5px 10px 0"]

[/one_half][one_half_last padding="0 0px 10px 5px"]

[/one_half_last]



[one_half padding="0 5px 10px 0px"][/one_half][one_half_last padding="0 0px 10px 5px"][/one_half_last]



Instagram

© Chic Reaction.