×

Liliana Ferreira

Liliana Ferreira

A pouco e pouco alguns passos da rotina vão mudando e isso dá espaço a que novos produtos sejam introduzidos. Numa dessas mais recentes mudanças (e porque a idade avança e o melhor é prevenir...) decidi que era altura de experimentar mais um dos produtos da Filorga, o Time-Filler.

Optei pela versão "normal" uma vez que gosto de texturas mais ricas (apesar da pele oleosa mas a tendência para desidratar pesa um bocadinho no conforto), mas para quem tem mesmo a pele muito oleosa existe o Time-Filler Mat.

O que diz a marca?

Para quem não conhece, a Filorga é uma marca francesa criada no seio da medicina estética, tendo sido os primeiros produtos destinados à aplicação em gabinetes médicos.

Numa breve pesquisa ao site, a marca apresenta-nos este creme como um cuidado absoluto corretor de rugas. A combinação dos vários ingredientes atuam em diversos tipos de rugas para um resultado mais completo: contraindo-as numa ação semelhante ao botox, nas rugas causadas pela flacidez e ainda nas resultantes da desidratação (as que me preocupam mais).

O que digo?

Por aquilo que experimentei (que está a 1 ou 2 utilizações de terminar) este é um creme denso e percebe-se a necessidade de existir uma versão mate para uma pele oleosa.

Nos dias de mais "pressa" quando tenho de aplicar maquilhagem logo quase de seguida e a absorção sei que não seria tão rápida, opto por outros hidratantes, sendo que este mantinha à noite.

Não sou definitivamente a melhor pessoa para falar de rugas no rosto, já que a minha intenção é sobretudo prevenir. Para prevenir é importante manter a pele hidratada. Aqui não posso negar que a pele fica hidratada e muito confortável, logo mais elástica e com menos formação de rugas. Além disso, o seu aroma é muito agradável, que o torna mais prazeroso de ser usado.

Onde encontrar?
Nas farmácias, parafarmácias e online em notino.pt.

AFFILIATE: este post contém links de afiliados que quando efetuadas compras através dos mesmos, gera uma pequena comissão para o blog.

Setembro é mesmo o mês das novidades. Ainda há uns posts atrás partilhava algumas das novidades a chegar e já existem outras tantas. Confesso que adoro os produtos de culto mas quem não gosta de saber um pouco mais daquilo que há de novo?

Vou tentar ser o mais breve possível, prometo!

Collistar Siero Unico

Um sérum com uma textura leve com uma nova abordagem sobre o envelhecimento da pele: assumir a passagem dos anos mas "em bom". O sérum promete fornecer toda a energia para reparar e regenerar a pele. As microesferas contém vitamina E que atua juntamente com 2 extratos de Ginseng, para proteger das agressões externas (incluindo luz azul), extrato de hibiscus e ácido hialurónico. Disponível nas principais perfumarias.

Erborian CC Dull Correct

Mais um produto da marca que assenta na correção com cor (CC Red correct, lembram-se?). Desta vez a cor do creme é um lilás que ao entrar em contacto com a pele funde-se e adapta-se ao tom natural da mesma. A intenção? Dar luminosidade à tez, anulando os tons amarelados, responsáveis por uma tez baça e cansada. Claro que o ingrediente estrela é mais uma vez a Centella Asiática. Disponível na Sephora e online em Sweetcare.pt.

Uriage Age Protect Sérum intensivo multiação

A linha Age Protect fica mais completa com um sérum que além corrigir os principais sinais de envelhecimento (rugas, rídulas, perda de firmeza), protege também a pele das agressões externas (luz azul, radiação UV, poluição...). O resultado é uma pele revitalizada, mais luminosa e rejuvenescida.
Disponível em farmácias, parafarmácias e online.

Filorga Global-Repair

Uma nova linha antienvelhecimento global da Filorga acaba de chegar. A Global Repair chega com um sérum e um creme multi-revitalizante que pode ser usado como máscara, misturado com o sérum.  Promete atuar de forma intensiva nos principais sinais de idade ao mesmo tempo que oferece conforto extremo.

Parece ser uma gama indicada em especial para peles mais maduras, com tendência a desidratar e que precisam de cuidados e texturas mais ricas.
Disponível em farmácias, parafarmácias e online.

Caudalie Vinopure gel de limpeza purificante

Certamente que esta é uma das novidades mais aguardadas da marca. Um gel de limpeza específico para peles oleosas, que além de limpar ajuda a minimizar os poros. Dos ingredientes além dos polifenóis de uva fazem parte ainda 6 óleos essenciais orgânicos capazes de neutralizar as bactérias responsáveis pelo acne e ácido salicílico de gautéria para afinar o grão da pele. 
Disponível em farmácias, parafarmácias e online.

Urban Decay Naked Honey paleta de sombras de olhos

É impossível ficar indiferente aos sucessos das paletas da Urban Decay! A mais recente reúne tons quentes, inspirados no mel que prometem aquecer os dias mais frios que se aproximam. 
Venda exclusiva nas lojas Sephora e Sephora online.

Invisibobble sprunchie na cor Red Wine is Fine

Aqui e ali vão surgindo novidades Invisibobble. Os sprunchies com as suas vibes anos 80 tem duas novas cores e uma delas é este burgundy/bordeaux/cor de vinho numa textura aveludada e muito outonal.
Disponível em farmácias, parafarmácias e online.

Swissline Cell Shock Age Inteligence resurfacing water

Uma água com 10% de ácido glicólico que funciona como tónico. Para ser utilizada antes de ir dormir, em vez do habitual tónico. Esfolia a pele suavemente, ajudando a reter a hidratação, retexturizando e deixando-a mais luminosa.
A marca está disponível na Perfumes & Companhia e na Sweetcare.

Elizabeth Arden Vitamin C Ceramide capsules

Dos best-sellers da marca fazem parte as famosas cápsulas de ceramidas. Depois da combinação com retinol, surgem as cápsulas com Vitamina C. A marca classifica esta combinação mais potente que a vitamina C tradicional ( baseado em testes THD Ascorbate vs. L-Ascorbic Acid). O resultado é uma pele mais luminosa, tom uniformizado e proteção do aparecimento de sinais de idade prematuros.
A marca encontra-se disponível na Sephora e na SweetCare.

Lierac Cica-Filler

Uma nova abordagem da marca, mais clean e que se aproxima mais da medicina estética. Uma outra novidade é o bakuchiol, um novo ingrediente "estrela" que promete resultados semelhantes ao do retinol mas sem os efeitos indesejados deste.

Desta linha fazem parte dois hidratantes, um para pele seca e outro para peles mistas a oleosas. A grande novidade são as ampolas que permitem uma aplicação localizada nas rugas.
Disponível em farmácias, parafarmácias e online.

Nuxe rêve de Miel Bálsamo-oleo corpo e creme dia e rosto

A Nuxe acrescenta duas novas formulações à sua linha Rêve de Miel, uma de corpo e outra de rosto. Ambos prometem uma nutrição intensa, sendo os parceiros ideais para os dias mais frios que se aproximam.

O bálsamo de corpo, quando aplicado e massajado transforma-se em óleo e o creme de rosto é indicado especialmente para peles secas, muito secas e profundamente


AFFILIATE: este post contém links de afiliados que quando efetuadas compras através dos mesmos, gera uma pequena comissão para o blog.
Quando trabalhava em perfumaria, um dos maiores pedidos pela parte de quem visitava era a escolha de uma base. Isto pode parecer fácil para alguns no entanto, com tantas marcas e dentro das marcas com tantas opções torna-se por vezes difícil.

Além disso, o facto de ser um dos itens de maquilhagem que mais tempo passa em contacto com a nossa pele, obriga a uma escolha "mais acertada" para que aguente mais tempo.

Para isso, mais do que a cor, é importante perceber o tipo de pele, as necessidades da pele e aquilo que gostamos de ver ao espelho.

Tipo e estado da pele

Na maior parte dos casos esta auto-avaliação é suficiente para eliminar logo umas quantas escolhas mas nem sempre é muito clara. Poderá ser complicado distinguir por vezes peles mistas a oleosas e desidratadas de peles secas: o desconforto está em ambas! Acontece que no caso das peles mistas a oleosas, a oleosidade acaba por aparecer nos dias mais quentes por exemplo. Além disso, é visível os poros mais dilatados na zona T (testa, nariz e queixo). Se tiverem isto e desconforto, é pele mista a oleosa mas desidratada (o meu caso). Se a vossa pele é seca, repuxa ao longo do dia e aguenta super bem sem reclamar óleos e texturas pesadas então aí sim, temos uma pele seca.

As peles secas estão normalmente também associadas às peles maduras, mas nem isto é linear e cada vez mais aparecem peles oleosas em idades maduras.

Em todos os casos, em caso de dúvida existem imensos locais com profissionais que vos podem ajudar a fazer este diagnóstico da vossa pele de uma forma rápida e eficaz.

Peles mistas a oleosas

No caso das peles oleosas (e mistas também...), não são recomendadas as bases oleosas e devem procurar alguma informação sobre oil free nas embalagens. Normalmente as marcas "apregoam" se as suas bases são livres de óleo ou não, ainda assim há casos que é muito difícil descobrir pelo que o melhor é fazer alguma pesquisa anteriormente.

Este tipo de peles deve "fugir" aos acabamentos luminosos, já que muitas das vezes acaba a luminosidade confundir-se com algum brilho associado à oleosidade. Deverão optar por bases com acabamento mate, daquelas que parece pó. A própria formulação destas bases muitas das vezes inclui ingredientes matificantes e que controlam o brilho ao longo do dia.

Peles secas

No caso das peles secas é um pouco o contrário. Na verdade, estas peles podem usar tudo o que querem e bem lhes apetece no entanto não irão certamente apreciar as bases mais mate, por causa do efeito de controlo de oleosidade que podem gerar algum desconforto. 

Peles maduras

Devem encontrar um equilíbrio entre a cobertura e o conforto. A base não deverá ser muito espessa, para não marcar as rugas e rídulas mas sim mais fluida. Uma vez que nestas idades a pele tem tendência a ficar mais baça, o melhor será optar por uma base luminosa que oferece sempre um acabamento natural e luminoso. Claro que mais uma vez depende de cada caso e sendo que agora aparecem mais peles maduras com tendência oleosa, aqui a parte da luminosidade deverá ser deixada de lado. O importante é ser uma base fluida e pouco espessa (leram meninas? A vossa mãe poderá não gostar de ver a mesma base que vocês usam na pele dela!)

Como escolher a cor?

Esta é daquelas dúvidas que digo sempre: só experimentando. A verdade é essa, a que pode parecer a nossa cor pode ser na realidade algo que nada tem a ver além que a nossa pele pode reagir com a base e esta ficar com uma tonalidade mais escura.

Como saber o meu subtom?

Certamente que já se depararam com esta nomenclatura, em especial com os lançamentos mais recentes de bases. Este é um dos fatores importantes da base, ou seja dentro dos claros, dos médios e dos escuros podemos ter vários subtons.
O nome e a distinção variam de marca para marca sendo os mais comuns C para cool/frio, N para Neutral/neutro e W para warm/quente (por exemplo, no caso da YSL é usado BD para Beige Doré que equivale a um Warm, B que equivale a um Neutral e um BR para Beige Rosé que equivale a um Cool). 

Alguns truques permitem ter uma ideia do subtom mais adequado e um deles é a forma como a nossa pele "reage ao sol" ou seja, como nos bronzeamos. 
  • subtom frio (cool):  peles que normalmente nunca se bronzeiam ficando vermelhas com a exposição solar. Além disso, as veias tem um aspeto levemente azulado ou arroxeado;
  • subtom neutro (neutral), peles que se bronzeiam ainda que com alguma dificuldade, tendo alguma tolerância ao sol
  • subtom quente (warm): peles com elevada tolerância ao sol que se bronzeiam com facilidade. As veias tem um aspeto mais azeitona/esverdeado.

Onde e como experimentar?

O melhor será experimentar 3 tons e ver quais se adaptam melhor ao nosso tom. Gosto de aplicar na zona do maxilar que é uma zona onde a cor e mais uniforme, sem rubor como as bochechas e que também dá para ver a diferença para o pescoço. 

Há quem goste de usar um tom mais escuro de base e que eu não recomendo de todo. No entanto se gostarem é preferível usar uma base mais fluida uma vez que será mais fácil de esbater e ser menos notória a diferença de tom. Além disso, em vez de mais escuros, podem ser utilizados pós bronzeadores em pontos estratégicos para dar a ilusão ótica de pele beijada pelo sol.

Além destes pequenos truques, há alguns sites que sugerem a base que vai melhor encontro ao vosso tom, ideal para quem tenta comprar online apenas ou se quiserem ir já com uma ideia aproximada:
  • na Ulta Beauty, o Shade Finders permite ter uma ideia da base e subtom. Além disso tem ainda um quiz que ajuda a perceber qual a base que se adequa às vossas preferências. Algumas das marcas comercializadas, temos também por cá em Portugal pelo que vale a pena a visita;
  • Findation, permite a correspondência entre bases de diferentes marcas. A base de dados é enorme e basta inserirem a marca, qual a base e o tom. Para resultados mais fidedignos, é possível adicionair mais bases e mais tons para encontrar o match perfeito;
  • Temptalia, um dos sites/blogs que sigo há mais tempo e onde recorro sempre que quero ver as swatches de algum produto. Com uma enorme base de dados tem também uma ferramenta de correspondência de cor de bases: Foundation Matrix. Aqui pode-se escolher a opção de encontrar correspondência entre bases ou responder a um quis (start from scratch) de forma a perceber qual o nosso tom;
  • em cada uma das marcas, é também possível ter uma ideia do tom. Algumas das marcas que tem disponível esta ferramenta são: Too Faced, Maybelline, Fenty Beauty, Shiseido.
Estes são alguns dos meus "truques" que apesar de simples penso que funcionam e que irão ajudar.

Deixo abaixo alguns exemplos de bases separados por tipos e estados de pele que espero que sejam úteis (tive apenas em consideração aquelas que é possível encontrar em espaços físicos, havendo tantas outras). Isto é também um espaço de partilha, pelo que, se tiverem algum truque que usem e funcione na hora de escolher por favor partilhem! 

Peles secas



Peles mistas a oleosas



Peles maduras




AFFILIATE: este post contém links de afiliados que quando efetuadas compras através dos mesmos, gera uma pequena comissão para o blog.
Na altura do verão acabo sempre por optar por uma maquilhagem mais minimalista, com menos produtos e alguns mais "apropriados". A vontade de experimentar novidades que vão chegando também ajudam a que proporcione novas tentativas em busca daquilo que no momento procuramos. Hoje partilho convosco 5 novidades na minha rotina, sendo que algumas são mesmo, mesmo novidade no mercado e que tenho a certeza que não fazem parte apenas da minha rotina.


Fenty Beauty by Rihanna Pro Filt'r Instant Retouch Primer

Este é o produto que há mais tempo tenho usado e que não vem só do verão. Já o tinha experimentado mas depois de ver a Francisca a falar super bem dele, acabei por trazer a versão pequena do Beauty to Go da Sephora. Gosto por ser um primer matificante mas ainda assim ser fluido, quase como que uma emulsão hidratante. Não sou muito fã de primers siliconados, apesar de funcionarem muito bem a disfarçar os poros, e por isso este ganha. Matifica sem repuxar e sem deixar a pele desconfortável, acabando por a base durar mais tempo na pele.

Fenty Beauty by Rihanna Pro Filt'r Soft Matte Longwear Foundation Base de longa duração

Esta base foi um caso de sucesso de "algo que temos lá para casa que pode dar jeito". Tinha esta base guardada há algum tempo. Foi oferecida no entanto infelizmente não era o meu tom da altura. Já estava na secção que ia oferecer alguém depois de voltar de férias. Acontece que nunca pensei que fosse ficar tão diferente, normalmente o meu tom de férias não diferencia muito do resto do ano mas talvez por ter ido para fora, já não conseguia usar o meu tom habitual de base. Levei inclusivé a All hours da YSL que já falei por aqui e que acabei por nem usar. Chegada a Portugal, lembrei que tinha esta ainda guardada e decidi experimentar. Era o tom! No meu caso o tom é o 220 quando normalmente é o 170, mas nada como experimentar entre os vários tons disponíveis para ter a certeza qual o que melhor se adequa.

Esta é sem dúvida uma ótima base para verão. Noto que dura imenso, matifica q.b. sem criar aquelas zonas mais secas. É um daqueles casos de amor-ódio: quando experimentei lembro perfeitamente de ter dito que não gostava. Depois fui experimentando até "me render". Confesso que o acabamento favorito é quando misturo o primer com a base e a aplico.

Yves Saint Laurent rouge volupté shine nº 87 Rose Afrique

Uma nova cor do clássico batom Yves Saint Laurent é perfeito para usar todos os dias: discreta mas com um ligeiro tom e conforto na medida certa, com o toque de elegância que é característica.

Yves Saint Laurent Touche Éclat High Cover Concealer

Partilhei este novo corretor da YSL no meu instagram e a verdade é que não vivo sem ele. Gostava do efeito do "tradicional" Touche éclat no entanto faltava um pouco de cobertura. Sei que não era a única a "reclamar" e a marca atendeu aos pedidos e criou uma versão com mais cobertura. O meu tom é o 0,75 e no verão ficava ligeiramente claro mas que contornava ao aplicar primeiro o corretor e depois a base. Ajuda a esbater e a não se notar tanto a diferença.

Chanel Le Volume Révolution máscara

Depois da minha queridinha da Shiseido terminar, decidi que era altura de dar oportunidade a uma outra que tinha suscitado a curiosidade. Esta máscara da Chanel poderá parecer mais uma que promete e que talvez cumpre, pensam alguns. Na verdade, a sua escova pauta pela inovação e foi isso que me deixou curiosa: a escova é impressa em 3D. A marca queria uma escova que tivesse o género de um depósito para diminuir a quantidade de ar que entra na embalagem e que leva à rápida  degradação da fórmula. Desta forma, em apenas um gesto é possível retirar a quantidade certa para aplicar nas pestanas. Confesso que não acho que seja a melhor em termos de volume mas cumpre o que promete, deixando as pestanas bonitas e com mais volume logo na primeira passagem.
Do lado esquerdo com a máscara aplicada e do lado direito o batom YSL rouge volupté shine


AFFILIATE: este post contém links de afiliados que quando efetuadas compras através dos mesmos, gera uma pequena comissão para o blog.
Já perdi a conta do tempo que Jo Malone está na minha wishlist. No entanto, é complicado arriscar numa compra de algo como uma fragrância quase às cegas. Isto mudou ligeiramente quando uma amiga comprou uma vela da marca e eu experimentei o aroma (precisamente este, English Pear & Freesia) e simplesmente amei. Mais tarde passei no corner da marca e claro tive mesmo de experimentar esta fragrância que foi amor à primeira vista… neste caso ao primeiro sniff!

Tal como o nome English Pear & Freesia deixa adivinhar, das notas fazem parte a pêra inglesa (nas de topo) e a frésia (nas notas de coração).

No lado mais frutado da fragrância à nota de pêra junta-se a de melão no topo.
Nas notas de coração, juntamente com a frésia encontra-se a nota de rosa.
Na base encontramos almíscar branco, patchouli, âmbar e ruibarbo.

Confesso que o único senão desta fragrância é a minha pele não o aguentar durante muito tempo. Isto deve-se também ao facto de ser uma colónia, pelo que já esperava, pois a minha pele não fixa as fragrâncias mais ligeiras (salvo raras excepções). Ainda assim não consigo deixar de adorar esta fragrância, que é sem dúvida das minhas favoritas: quando a coloco é mesmo algo especial. Ela é ideal para o dia a dia, em especial para quem aprecia fragrâncias (ou até procura uma alternativa) do género dos Chloé Signature.

Não posso deixar de partilhar também algumas informações curiosas… A perfumista Christine Nagel, que assina esta fragrância, é também responsável por tantas outras da própria Jo Malone, incluindo a Wood Sage & Sea Salt que prevejo ser a próxima. Além destas, assinou ainda sucessos tais como The One da Dolce & Gabbana, Twilly d’Hermés, Eau des Merveilles Bleue da Herméstambém, for Her de Narciso Rodriguez, entre outros.

Onde encontrar?

Online em notino.pt


Na passada semana a convite da Zomato fui fazer uma experiência de café n’O Consulado. Esta experiência foi proporcionada pela Nescafé, onde tivemos oportunidade de experimentar algumas bebidas, incluindo algumas inovadoras como a caipirinha de café.



O Consulado foi o espaço escolhido, um dos locais que já queria visitar há algum tempo (e continuo a querer numa outra altura) degustando alguns pratos para acompanhar a experiência.


Para entradas tivemos a oportunidade de experimentar uma tábua com vegetais, hummus, queijos acompanhada de casquinhas de batata com maionese de alho e ervas, bagles de azeite e alho e pastilla de frango marroquina.

Entradas: Casquinha de batata e bagles de azeite e alho



Para acompanhar as entradas, tivemos a oportunidade de experimentar umas caipirinhas inovadoras com a Cold Brew da Nescafé.

Mini saladas de frango e atum


Mini rostis de novilho e de salmão



O último momento aconteceu já tinha anoitecido mas foi dos melhores momentos da experiência: Café preparado em balão. Este método pauta por ser capaz de captar as melhores propriedades do café, além de ser muito interessante de acompanhar. Além disso, serviu para partilhas de conhecimentos e curiosidades sobre o mesmo. Para acompanhar este último momento não faltaram as famosas panquecas.


Além d’O Consulado há mais espaços que convidam a esta experiência com a Nescafé. Para quem quiser ver toda a lista dos restaurantes que possibilitam estas Experiências de Café by Nescafé,podem ver a coleção da Zomato aqui.
O Consulado Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato
Agradecimento à Zomato e à Joana Cardoso pelas fotos do post.