Charlot
by nae Vegan

EN

nae is a portuguese shoe brand that borned in 2008 and the name is from the idea no animal explotation. Portugal have a great shoe industry specially in materials such leather as you maybe know so the founders – Paula and Alejandro decided create an alternative and built a brand where the shoes are concept under the vegan and ecologic ideas and give some response to a market where the people are concerned with the environmental sustentability and ethical consume. The materials aren’t from animal origins such cotton, 100%natural rubber, etc…
They have so many designs including collections for men and women that you can consult here on they website. This Charlot shoes are only a good example of the elegance and the comfort (yes ! they are really comfortable in spite of the height of the heel…). So many reasons to love the shoes right?

PT

nae é uma marca de calçado portuguesa que nasce em 2008 e o seu nome deriva de um acrónimo (no animal explotation). Num país como Portugal, onde o fabrico de calçado é uma actividade por excelência e na falta de uma alternativa na indústria do curtume e da pele, Paula e Alejandro – os sócios da marca – fizeram nascer um conceito de calçado vegan e ecológico, querendo assim dar resposta a uma franja de mercado cada vez mais significativa e que se preocupa com as questões da sustentabilidade ambiental e do consumo ético.
A marca nasceu sob o pressuposto da não exploração animal e determinada em ser uma alternativa na indústria do calçado, apostando também no design, estilo e qualidade dos seus sapatos e este modelo, Charlot, é um exemplo do design e elegância com que a marca se apresenta no mercado tendo disponíveis coleções para homem e mulher.
Não recorrendo a produtos de origem animal, todos os modelos da nae são fabricados a partir de materiais como a cortiça, microfibras biodegradáveis, pneu reciclado, algodão e linho orgânico, fibra de coco ou borracha 100% natural – esta é utilizada para fazer as solas dos sapatos e que oferecem grande estabilidade e conforto a quem os calça. A esmagadora maioria dos materiais utilizados pela nae são adquiridos a fornecedores portugueses e o processo de fabrico é inteiramente realizado em território nacional, em pequenas fábricas localizadas no centro e norte do país. Muitos destes processos são realizados de forma artesanal, exigindo um trabalho minucioso e especializado realizados por costureiras.