Twilly d’Hermès

Já há algum tempo que não partilhava aqui uma fragrância, algo que para mim é essencial no dia-a-dia, em especial agora que trabalho mais de perto com as mesmas. O Twilly é uma novidade dos finais do último ano e a sua fragrância foi uma daquelas que não me conquistaram de imediato.

O Aroma

As suas notas de tuberosa (ou angélica) combinadas com as de madeira de sândalo e gengibre, são as notas que definem esta fragrância. Se ao primeiro parece um pouco cítrica ela vai-se tornando apimentada e o seu lado mais madeirado sobressai. Acho que foi este factor que não me conquistou imediatamente. O resultado é um aroma floral mas diferente do tradicional, parecendo um pouco mais oriental, talvez por causa do seu lado apimentado. É uma fragrância que penso que poderá ser usada por qualquer mulher, de qualquer idade e muito provavelmente será um daqueles aromas que irá permanecer por algum tempo na marca.

A Embalagem

Hermès, conhecida pelos seus lenços em seda e com os seus estampados únicos, recuperou o nome dos mesmos assim surgiu o nome Twilly. O spaghetti como a própria marca denomina e que está presente na tampa evoca também esses estampados e lenços e tal como estes poderá ser utilizado de mil e uma maneiras. O frasco assemelha-se a uma luminária das carruagens com a tampa em forma de chapéu.

Onde encontrar?
Em perfumarias (Sephora, etc…)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *