O último dia em Madrid foi também o mais curto, mas ainda assim produtivo. Apesar de termos adormecido e acordado mais tarde que o costume, descemos e ainda conseguimos tomar o pequeno almoço e preparar as malas para partir. Mesmo com malas, decidimos ir até Atocha, onde iríamos apanhar o autocarro mais tarde até ao aeroporto (lembram-se do primeiro post? O ponto de partida do Exprés Aeropuerto é mesmo ali…).

No caminho até Atocha, ainda deu para ver mais alguns pontos de interesse. Além das praças e rotundas que já falei passamos ao CaixaForum, que tem um mural enorme toda cheia de vegetação que é quase impossível ficar indiferente. Outro ponto de interesse junto à estação é o Museo Reina Sofia, onde aproveitamos uma sombra ali perto para descansar um pouco, pois o bom tempo voltou e com ele o sol e temperaturas mais altas.



É praticamente impossível ficar indiferente à beleza da estação. Com um jardim interior (que estava na altura em obras…) torna todo aquele edifício ainda mais bonito e digno de ser visitado. Não poderíamos deixar de tirar algumas fotos e que partilharei mais tarde. No final, aproveitamos para ir até ao Starbucks próximo do Museo Reina Sofia, relaxar um pouco e depois apanhar então o autocarro até ao aeroporto.



      

E agora em jeito de balanço, alguns detalhes destes 3 dias…

Alojamento

Tal como disse no primeiro post, ficamos alojadas no hostel room007Ventura. Este fica perto de tudo mais concretamente a meio caminho entre Puerta del Sol e o Prado. Apesar de ser um hostel, tínhamos a possibilidade de escolher quartos e casa de banho privados que para mim é importante. Por mais 2€ tínhamos pequeno-almoço incluído, não com uma vasta oferta mas pelo preço não encontrávamos donuts com sumo, etc em qualquer outro lado. Gostei muito e certamente que numa próxima será algo a ter em conta esta opção. Deixo-vos com algumas fotos do local…

   

O que ficou por ver?

Nesta primeira vez pela cidade, queria conhecer o máximo possível e tendo em conta os dias, sabia que a visita aos museus seria algo que poderia ficar para uma próxima e assim foi. Aproveitei para conhecer os principais pontos de interesse, sendo que ainda assim esqueci de fotografar alguns como o Kilómetro Cero e o El Oso y el Madroño. A chuva do segundo dia não permitiu visitar o Templo de Debod, pelo que este será mais um dos locais que ficará para uma próxima. A cidade estava de uma ponta à outra me obras, não havia local por onde passasse que não estivesse lá (visível nas fotografias) desde a Gran Vía até ao Palacio de Cibeles. Aliás este estava completamente tapado pelo que nem sequer tentei subir. Além disso irei querer provar e experienciar a gastronomia local, ou seja visitar locais mais típicos e até conhecer melhor os bairros. Só posso fazer um balanço positivo, até mesmo em relação aos voos, já que sei que na mesma altura e para diferentes destinos houve cancelamentos e isso é sempre uma dor de cabeça. Já conhecem a cidade? Quais as vossas sugestões?