Idôle

Idôle Eau de parfum Idôle era uma fragrância há muito esperada!

Depois do lançamento de La Vie est Belle em 2012, a Lancôme foi lançando diferentes versões (os flankers) deste e de outras fragrâncias mas nada de uma "nova fragrância de raíz". Isso mudou em 2019 com o Idôle, cuja história é tão cativante quanto o seu aroma.

Idôle Eau de parfum
Desenvolvida por três perfumistas: Shyamala Maisondieu, Nadege Le Garlantezec e Adriana Medina, três mulheres que trabalharam em conjunto para este resultado super feminino. A principal mensagem desta fragrância é a ideia de confiança para as mulheres se tornarem a sua própria inspiração, o seu ídolo - forte e poderoso.

Idôle Eau de parfum Além desta, o formato fino do frasco com as notas cuidadosamente selecionadas de forma sustentável traduz a ideia de viajar e do espírito livre de cada uma de nós. Este é a principal característica que salta à vista, que torna este perfume numa peça de arte, com a transparência e relevo do vidro com o metal a dar alguma estrutura mas pouco prático, devido à pouca base de sustentação. Idôle Eau de parfum Claro que no que a perfumes diz respeito o que todos queremos saber é das notas. As notas são tão luminosas como o frasco deixa adivinhar, com a bergamota e pêra na abertura.

Nas notas de coração, destaque para a rosa, ícone da marca onde se inclui as pétalas de rosa de Isparta (Turquia) desenvolvidas exclusivamente para a Lancôme e a incónica Rosa Centifólia de França.  A estas junta-se o jasmim Grandiflorum da Índia num acorde floral único.

No fundo, o almíscar branco e a baunilha juntam-se para formar um novo acorde clean & glow definido para um novo incentivo a cada mulher reescrever a sua história. Idôle Eau de parfum

Uma fragrância que surge como um hino à feminilidade e que certamente que conquista mulheres de todas as faixas etárias. Quem por aí já se deixou conquistar?
*artigo escrito em colaboração com um dos parceiros do blog

Enviar um comentário